Aumente a produtividade e limite os custos

 

Reduzir custos e aumentar o rendimento da equipe é um dos maiores objetivos dos empreendedores em tempos de incerteza econômica.

Essas duas tarefas já fazem parte da rotina de muitas micro e pequenas empresas que aderiram às novas ferramentas e formas de obterem maior produtividade e redução de custos.

Neste post, vamos destacar algumas estratégias bem comuns hoje em dia no ambiente profissional para alcançar esses objetivos. Depois de conhecê-los melhor, com certeza você também vai querer abraçar essas duas metas junto à sua empresa.

 

Antes de tudo, trabalhe o conceito

 

Produtividade em alta x redução de custos: parecem conceitos diferentes à primeira vista não é? Mas quando se trata de negócios, esses dois termos se tornam forte aliados para aqueles momentos empresariais que pedem atitudes certeiras e bem estruturadas.

A maioria dos empreendedores deixam para analisar as possibilidades de redução de gastos quando os negócios atingiram um ponto mais complicado em termos de finanças. Por quê não adotar essa “cultura” quando a empresa está a pleno vapor?

 

Adote a cultura preventiva

 

Quando pensamos em uma organização na qual os processos são muito rígidos e complexos, concluímos que a primeira atitude a ser adotada é a compreensão e aceitação das mudanças necessárias. Entender que, hábitos que trouxeram resultados surpreendentes em outro momento talvez já não funcionem mais tão bem pode ser um pouco doloroso, mas é algo extremamente importante para o amadurecimento dos negócios.

É preciso entender também que o planejamento de gastos e a melhor utilização de recursos não devem entrar no radar apenas quando as coisas não estão indo bem.

A IF Assessoria Contábil , por exemplo, adota uma política de prevenção ao lidar com as demandas dos seus clientes. Diante dessa visão, destacamos a importância de investir em mudanças de forma continua.

Entenda por que essa combinação melhora resultados

 

Ao contrario do que se pensa, o aumento na produtividade não é sinônimo de gastos adicionais. Ao determinar falhas, é possível melhorar processos e aprimorar a eficiência produtiva.

Ainda assim, alguns gestores encaram como um desafio o processo de aperfeiçoar o desenvolvimento das tarefas,  o que muitas vezes acontece com o remanejamento de recursos e com a mudança da mentalidade operacional.

A produtividade melhora quando os colaboradores conseguem executar em alto nível um maior número de tarefas, em um menor espaço de tempo.

Com o auxílio dos softwares de gestão, também conhecidos como ERP é possível realizar o melhor gerenciamento de tarefas e o acompanhamento mais claro dos processos.

 

Comece programando

 

Quando há problemas ou falhas nos processos de realização das tarefas internas de uma organização, isso acarreta a elevação dos custos e a menor produtividade.

Antes de tudo programe a execução:

• realize uma análise completa dos processos da companhia, seus pontos críticos, suas falhas, e não deixe de lado o registro do que está rodando bem;
• faça um mapeamento de gastos, que permita uma redução nos desperdícios;
• determine o que pode ser automatizado, para que seja possível remanejar colaboradores, ou encaixá-los em funções nas quais se adequam melhor;
• avalie as possibilidades de terceirização, principalmente no caso de atividades acessórias;
• crie um plano de ação que aproveite a inteligência de negócios como ferramenta de fornecimento de dados e estatísticas sobre sua empresa.

 

Invista em planejamento

 

Para o gestor, descentralizar responsabilidades e entender quais funcionários estão aptos para desenvolver de maneira mais eficiente cada tarefa ajuda a fazer com que metas sejam batidas.

É importante atuar para mudar o pensamento dos funcionários de forma que eles percebam as vantagens de uma atuação mais produtiva, com a quebra de velhos hábitos e a ruptura em costumes que já não trazem resultados positivos.

O desenvolvimento de novas tecnologias, por exemplo, e o surgimento de ferramentas de automação estão transformando empresas que conseguem ter maior controle sob suas tarefas. Tudo isso com uma visão clara, baseada em dados e estatísticas que favoreçam a melhor tomada de decisões e a otimização das condições de trabalho.

Delegar funções aos funcionários mais bem preparados ajuda a estruturar um fluxo de trabalho e isso faz com que os colaboradores se sintam mais aptos para desempenhar as suas funções em alto nível e melhorar a rotina de trabalho interno.

Outra forma de reduzir custos de maneira eficiente é diminuir a necessidade de deslocamentos ao possibilitar o trabalho remoto para algumas funções ou etapas da prestação de serviço.

Reduzir custos e aumentar produtividade não parece mais tão complexo, não é mesmo? Então, confira outras formas de enxugar gastos e potencializar resultados.

 

Como reduzir os custos em serviços

 

Agora que você já entendeu como redução de custos e aumento da produtividade caminham juntos, confira mais algumas sugestões para o corte de gastos e a melhora dos resultados na sua empresa:

Defina metas de gastos para a prestação de serviços;
Peça que clientes avaliem a prestação do serviço;
Examine os resultados com os colaboradores;
Ofereça cursos e treinamentos;
Desenvolva métodos de motivação para a equipe;
Priorize o outsourcing (terceirização de serviços ligados à parte estratégica) de atividades não essenciais;
Use a tecnologia para acompanhar gastos e custos;
Investigue processos como forma de encontrar gargalos;
Mantenha uma agenda de análise e avaliação de dados.

Utilize as dicas acima apresentadas como um caminho para colocar em prática a redução de custos e o aumento da produtividade. A aplicação conjunta desses dois conceitos permite resultados sólidos e consolidados, principalmente se aliados a uma ação que atinja amplamente os setores de uma organização, de forma coordenada.

Se você já implantou essa prática na sua empresa e ainda assim está precisando da ajuda de um especialista, conheça o time IF Contábil! Teremos prazer em lhe ajudar!